Ricardo Amorim: “China voltará a consumir.”

Análise do economista e presidente da RICAM Consultoria aponta para um retorno do país asiático ao protagonismo no cenário de consumo do mercado de luxo. O momento, no entanto, é de cautela.

Com formação pela ESSEC Paris e coapresentador do programa Manhattan Connection, da Globo News, Ricardo Amorim esteve em São Paulo no dia 25 de agosto para uma palestra ministrada a clientes da marca de relógios Jaeger LeCoultre. O encontro aconteceu no Shopping JK Iguatemi e foi idealizado pelo brand manager Marcelo Buarque.
Em seu comentário – feito ao quadro >FAST TALK<, do site Business Luxo -, Amorim indica que o momento é de cautela no consumo de luxo pelos chineses e que o atual desaquecimento da economia chinesa, aliado a medidas restritivas do governo local, colaboram para este cenário.
O economista, contudo, acredita que o país asiático retome seu protagonismo no ano que vem. Bem como o Brasil, a China passa por um momento conturbado em sua economia, que deve piorar, segundo ele, nos próximos seis meses. A recuperação só viria mesmo em 2016. Acompanhe a entrevista.

(Da Redação|SP)