“Investir em arte requer diversificação”, Clare McAndrew

A economista Clare McAndrew é sempre um dos nomes mais aguardados da TEFAF (The European Fine Art Fair), uma das feiras de arte mais importantes do mundo que acontece anualmente em Maastricht, na Holanda. Em meio a nomes nas paredes como Vincent Van Gogh, Edvard Munch, Pablo Picasso, Auguste Rodin e Claude Monet, é o dela que concentra todas as atenções durante uma palestra especial que faz para anunciar o The Art Market Report. Trata-se de uma pesquisa minuciosa, que funciona como uma verdadeira bússola financeira para orientar colecionadores, investidores, mecenas e diretores de galerias e museus de todo o mundo. Um estudo que ela produz desde 2005, quando fundou o Arts Economics Institute.

Clare McAndrew: investir em arte é um ótimo negócio

Clare McAndrew, do Arts Economics Institute: investir em arte é um ótimo negócio

Com sede em Londres, o instituto se dedica a avaliar o mercado de arte no mundo, suas tendências e movimentos, sempre sob a ótica da economia. Doutora e PhD em economia pela Trinity College, em Dublin, Clare McAndrew recebeu Business Luxo para uma rápida entrevista no MECC (Maastricht Ehxibition Congress Centre), onde acontece a TEFAF. Na pauta, a avaliação sobre investir em arte e dicas de como compor melhor sua coleção visando uma melhor rentabilidade. Um Fast Talk muito especial, direto da Holanda. Acompanhe.