Férias do – ou com – wi-fi?

Ficar conectado ou desligar-se totalmente de celulares e smartphones? A dúvida cruel de quem sai para viajar nos dias de hoje ganhou uma ajuda para ser resolvida com uma lista especial da rede de agências Virtuoso.

Fim de ano chegando, verão, e a pergunta: desconectar-se ou procurar por hotéis com um poderoso e gratuito sinal de wi-fi? Afinal, o período é – ou deveria ser – dedicado ao dolce far niente, para relaxar de tudo e, principalmente, deixar celulares, tablets e afins desligados. Mas quem consegue?
Pensando nisso – e no aniversário de dez anos do iPhone, em 2017 –, a rede de agências de luxo Virtuoso lançou uma seleção de hoteis onde a opção on/off definem o perfil da viagem. Confira.

MODE OFF
1.Brenners Park-Hotel, Alemanha
Na turística cidade de Baden Baden, as suítes da categoria Villa Stephanie têm as paredes revestidas internamente de cobre. E para quê? Proteger do frio? Não! Impedir que o sinal do celular e do WiFi penetre no ambiente! Um tipo de bunker anti-smartphone. Assim, os hóspedes podem desfrutar melhor do spa, da biblioteca e do lugar em si, vizinho à famosa Floresta Negra.
www.oetckercollection.com

O bunker anti-celular do Brenners, na Alemanha. Paredes forradas de cobre bloqueiam o sinal

2.Rancho La Puerta, México
Aqui não é só o sinal de wi-fi que é limitado: eles proíbem até o uso de celulares nas áreas comuns. E também não tem aparelhos de TV nos quartos. Mas o que tem para fazer então!? Hum… 40km de trilhas e um menu com mais de 70 atividades, de yoga a aula de culinária e treinos esportivos. Mexa-se!
www.rancholapuerta.com

No Rancho La Puerta não tem wi-fi nem TV no quarto. Uma pergunta: com um lugar lindo assim, precisa?

3.El Silencio Lodge&Spa, Costa Rica
Precisa dizer mais? Neste refúgio é assim: wi-fi só nas villas maiores e na sala de convenções. Não tem TV nos quartos também e é proibido fumar em todo o hotel. Em compensação, trilhas magnificas em meio a uma exuberante natureza tropical, aulas de pintura e até participar do plantio de árvores na reserva do hotel.
www.elsilenciolodge.com

Xiu! No El Silencio Lodge, na Costa Rica, o negócio é contemplar a natureza sem alarde


MODE ON
1.Bvlgari Hotel, Xangai

No luxuoso e fashionista hotel da marca italiana, na capital da moda chinesa, o wi-fi não é apenas gratuito nas dependências do empreendimento. Para quem sai pela cidade para conhecer o lugar, o concierge do hotel oferece um sinal de 4G adicional, para que o hóspede não perca a chance de postar uma selfie sequer.
www.bulgarihotels.com

Concierge do Bvlgari, em Xangai, disponibiliza sinal 4G passeios pela cidade

2.Dolder Grand, Suíça
Um dos mais sofisticados de Zurique, este hotel oferece vistas espetaculares do Lago Zurich, gastronomia de excelência e um spa fantástico. Mas também oferece um super sinal de wi-fi nas suítes, capaz de fazer funcionar até sete gadgets e celulares ao mesmo tempo.
www.thedoldergrand.com

Suíte design no Dolder Grand: a vista é incrível, mas o sinal do wi-fi é ainda mais

3.Baccarat Hotel, EUA
Em Nova York, se desconectar é quase impossível. Na suíte deste hotel, que pertence ao Preferred Hotels & Resorts, tudo favorece. Para começar, o livro na cabeceira ao lado da cama não é exatamente um livro. Trata-se de um carregador de celular disfarçado e, dentro dele, um smartphone fornecido pelo hotel que controla praticamente tudo: a TV camuflada dentro do espelho, a abertura das cortinas, a luz, a temperatura do ambiente e o acesso ao concierge e ao room service.
www.baccarathotels.com

Baccarat Hotel: está vendo aquele livro vermelho ali na cabeceira? Não é bem um livro…

(Da Redação|SP)