Palazzo Dolce&Gabbana

Conheça a nova loja da maison italiana recém-inaugurada em Veneza, uma viagem extravagante pelo universo fashion atual e do luxo e arte renascentistas.

Um antigo prédio renascentista do século 19, uma cidade que é destino cultural global – e a criatividade de um renomado arquiteto – deram origem ao ‘palazzo’ Dolce & Gabbana em Veneza, cujas portas foram abertas em junho. A nova flagship da D&G fica no Palacio Torres, que abrigara, no passado, um banco. Por fora, o estilo veneziano da fachada foi preservado. Por dentro, contudo, a viagem sensorial é muito mais ampla e ousada.

A nova loja da Dolce&Gabbana em Veneza: restauração apurada e estética renascentista

Coube ao arquiteto americano Eric Carlson, do escritório Carbondale – conhecido por seus projetos de lojas para marcas como Louis Vuitton, Tag Heuer, BMW e até para restaurantes no Brasil, como o Tre Bicchieri e o Piselli, além do Shopping JK Iguatemi, todos em São Paulo – a missão de criar uma viagem extravagante e luxuosa pelo universo da Dolce & Gabbana.

Ambiente de acesso ao pavimento superior, com mármore travertino e espelhos

Como nos tradicionais palácios italianos, os ambientes permaneceram divididos e em cada um fora colocado um nicho de produtos. Para diferencia-los, Carlson revestiu os ambientes de forma única. A sala de alta joalheria, por exemplo, foi inspirada no pórtico da Basílica de San Marco, do século X, e toda revestida com pastilhas de vidro azuis e estrelas douradas.

Vista da sala de alta joalheria, com parede azul que remete ao pórtico da Basílica de San Marco

Nos demais espaços, cores e revestimentos diferentes entre si, com direito a muito mármore de diversas tonalidades, espelhos, lustres de cristais de Murano e revestimentos feitos por artesãos locais.

Ambiente masculino, com os pufês em veludo que homenageiam os alfaiates da marca

Um dos pontos altos do projeto de decoração revela o poder criativo de Carlson. Em vários ambientes é possível se encontrar poltronas em veludo plush, super estilosas. Elas foram feitas em homenagem aos alfaiates da maison italiana, com um desenho que remete a alfinetaria destes profissionais.

(*) Assista em nossa página no Facebook o vídeo da Carbondale sobre a concepção do projeto em Veneza. Clique aqui.

(Da Redação|SP)