City Walk: toque brasileiro na paisagem de Dubai

Com boulevard horizontal formado por lojas, restaurantes, escritórios e apartamentos, projeto de arquiteta brasileira muda a paisagem urbana e o comportamento de consumo nos Emirados Árabes.

Destino de compras dos mais procurados do mundo, Dubai é reconhecida também por sua arquitetura urbana, marcada por arranha-céus– o mais famoso deles, o Burj Arab, tem 163 andares. No entanto, desde o final de 2013, tanto a arquitetura, quanto o comportamento de consumo de quem visita a cidade experimenta uma significativa mudança. E isso se deve a uma brasileira.

Cristina Wakamatsu, da LW Design

Cristina Wakamatsu é arquiteta e diretora de design do escritório LW Design Group, baseado em Dubai e que recém abriu as portas de uma filial em São Paulo. É dela a assinatura do projeto City Walk Dubai, um boulevard gastronômico e de compras que reúne ainda escritórios e apartamentos residenciais. O endereço se destaca por ser horizontal, com 20 edifícios de, no máximo, seis andares, distribuídos em blocos urbanos conectados por passarelas, passeios sombreados e ciclovias.
Com esta proposta de oferecer uma caminhada prazerosa entre lojas, bares e cafés, o City Walk virou um benchmark no Oriente Médio. “O lugar fez tanto sucesso que até o sheik Mohammed é visto passeando por lá”, conta Cristina, citando Mohammed Bin Rashid Al Maktoum, primeiro-ministro e vice-presidente dos Emirados Árabes.
Em entrevista ao canal Players, aqui do portal Business Luxo, Cristina conta como desenvolveu o projeto. Fala também sobre as pretensões no mercado brasileiro e de como o conceito de ‘hospitality‘, que seu escritório trabalha tão bem, pode fazer a diferença em projetos não apenas comerciais, mas residenciais também.
Clique aqui e confira a íntegra da entrevista.

(Da Redação|SP)