LABACE: luxo pelos ares

Maior feira de aviação executiva da América Latina, a Labace 2017 apresenta, em São Paulo, novas marcas e aeronaves com foco no luxo.

Um helicóptero com cabine customizada pela Hermès. Um jato que custa R$ 200 milhões. Uma cabine que mais parece uma sala de estar de um apartamento de alto padrão. Estes são alguns dos destaques da LABACE 2017, a maior feira de aviação executiva, que acontece em São Paulo entre os dias 15 e 17 de agosto.
Em sua 15a. edição, a feira volta a acontecer no Aeroporto de Congonhas, na capital paulista. Foram 45 aeronaves expostas, com a presença de mais de 100 marcas. No ano passado, o evento foi visitado por cerca de 9 mil pessoas, com cinco jatos comercializados no local. Porém, em ano de crise na economia nacional, a expectativa dos especialistas deste mercado é a de que os negócios no setor apresentem uma oscilação negativa.

Bombardier Global 6000: o mais caro da feira em 2017, quase R$ 200 milhões

Vedetes
Dentre os destaques desta edição estão o Bombardier Global 6000 (foto acima), o avião mais caro da feira: US$ 62,5 milhões – cerca de R$ 200 milhões. O modelo, com capacidade para até 12 pessoas (incluindo a tripulação), pode voar de São Paulo a Londres sem escalas.

O interior do novo Embraer Legacy 450: altura da cabine permite caminhar sem encurvar-se

A brasileira Embraer lançou o Legacy 450, o menor desta família de jatos. Fabricado para levar até nove pessoas à bordo, o novo aparelho tem altura de cabine suficiente para se caminhar de pé. Preço de tabela: US$ 17 milhões.
No segmento de helicópteros, a Airbus apresentou sua nova marca: a ACH. Com três famílias distintas, a empresa espera atender a diferentes demandas. Na versão Editions, a mais luxuosa, o interior da cabine  é todo customizado pela maison de acessórios francesa Hermès.

(Da Redação|SP)