Comandatuba: a ilha da fantasia do turismo nacional

Hotel Transamérica Comandatuba fecha 2016 com crescimento no caixa, recorde histórico de ocupação, mais de 50 eventos corporativos realizados e com o Réveillon lotado. Heber Garrido, diretor da rede de hoteis Transamérica conta o segredo. viagra online purchase

Em ano de maré baixa na economia e dólar na crista da onda, como em 2016, um dos primeiros e mais icônicos resorts do Brasil o Transamérica Comandatuba, no litoral da Bahia – nadou de braçada. Bateu recorde de ocupação no verão, cresceu 17% no faturamento geral e ‘fechou a ilha’ onde foi erguido há 26 anos por nada menos do que 56 vezes para eventos corporativos. Não acabou: no Réveillon, alcançou a lotação máxima permitida com 94% dos 360 quartos e bangalôs ocupados. cialis daily use price

Heber Garrido, diretor dos hotéis Transamérica can you split a viagra pill

long does pill viagra last

Por estes indicadores, o ano que passou vai deixar certa saudade para o diretor do grupo Transamérica Hoteis, Heber Garrido. Mineiro bom de prosa e melhor ainda de gestão, é de seu office em São Paulo que partem as decisões estratégicas para que este veterano hotel permaneça há tanto tempo como um dos destinos mais requisitados do Brasil.
Garrido é o entrevistado especial do canal Players, a primeira do ano de 2017. Na conversa, o executivo revela os números que elevam o prestígio do hotel – o único de lazer do portfólio de 23 unidades –, anuncia a volta da parceria com a L’Occitane para produtos e serviços do SPA e de um espaço para games eletrônicos, avalia a nova lei geral dos jogos de azar, que pode levar as mesas de roleta de Las Vegas para a ilha de Comandatuba, além de comentar a eleição de João Dória, empresário ligado ao setor de eventos corporativos, para a prefeitura de São Paulo. “Dória entende muito da nossa indústria – e do turismo de negócios mais ainda. E isso é São Paulo! Eu quero acreditar que ele consiga acesso a mercados fora do País vendendo o destino São Paulo não só para investimentos, como também para a realização de grandes eventos”, disse. Leia a íntegra da entrevista, clique aqui. do you tell doctor get viagra

(Da Redação|SP)