Le Mathusalem: seis litros, 100 anos de envelhecimento

Edição especial do cognac Louis XIII é lançada em Londres em décanteur enorme feito por vinte artesãos da Baccarat.

Ele nasceu para ser uma lenda. O recém-lançado cognac Louis XIII Le Mathusalem é, desde já, o novo objeto do desejo de colecionadores e apaixonados pela bebida. E motivos não faltam.
Por dentro, um cognac com mais de 1.200 eau de vieux, envelhecidos em barris de carvalho por cem anos. Especialistas da tradicional Maison Remy Martin garantem que a combinação de notas e aromas de mirra, mel, ameixa, madressilva, casca de madeira, couro e maracujá resultaram em uma bebida única.

Louis XIII Le Mathusalem

Louis XIII Le Mathusalem

Por fora, este novo Le Mathusalem também impressiona. O enorme décanteur feito em cristal Baccarat e desenvolvido por vinte artesãos. Quando cheio, com os seis litros da bebida, ele passa a pesar 16kg. Para se ter uma ideia, apenas a rolha – feita também em cristal – pesa 1,5kg.
O décanteur é transportado dentro de uma caixa de madeira produzida com o mesmo carvalho centenário dos barris. Dentro dela ainda vem oito taças de cristal e uma pipeta de titânio. O preço do novo Louis XIII Le Mathusalem é de € 70 mil e pode ser adquirido exclusivamente na loja Harrod’s, na capital inglesa.

(Da Redação|SP)