Santiago vive boom inédito de hoteis de luxo

Em cinco anos, capital chilena viu mais de dez empreendimentos upscale abrirem as portas. Tendência agora são os hoteis boutique instalados no bairro que está na moda na cidade: Lastarria.

Com desempenho econômico digno de tigre asiático e com o turismo em alta, o Chile tem figurado cada vez mais no mapa múndi dos viajantes globais. A capital, Santiago, é onde se concentra o maior fluxo destes visitantes e, por consequencia, a maior parte dos investimentos no setor hoteleiro. Desde o início do “El Tirón”, a disparada da economia chilena, em 2010, o número de hoteis de quatro e cinco estrelas se multiplicou. De lá para cá, operadores estrangeiros de grandes cadeias como o grupo W, o Renaissance/Marriott e o Hilton Hotels fincaram suas bandeiras em bairros como Vitacura e Bella Vista. Os empresários locais também se mobilizaram, apostando em formatos menores, como os hoteis boutique The Aubrey Hotel e o La Reve Hotel, no bairro da Providência, e o Ismael 312, no Parque Florestal.
A euforia se justifica. Em 2014, 3,6 milhões de turistas vindos do Exterior desembarcaram no país – alta de 2,4%. Só de brasileiros foram 407 mil visitantes. Para atender a essa demanda, a oferta hoteleira local ganhará mais 2.100 novos quartos neste ano, 65% deles na capital. Santiago está, realmente, com tudo.

renaissance santi 1

Renaissance Santiago: cidade entrou no radar das grandes redes hoteleiras internacionais

A boa fase permanece e, agora, um outro endereço tem polarizado o interesse e o dinheiro dos empreendedores chilenos: o bairro Lastarria. Reduto boêmio, abrigando museus como o de Bellas Artes, o Centro Cultural Gabriela Mistral, e restaurantes trendy como o Boca Nariz, o distrito ganhou em 2011 o pioneiro Lastarria Boutique Hotel. Hoje já são mais cinco hoteis no bairro, dois deles – o The Singular Santiago e o Los Cumbres Lastarria, abertos e recebendo hóspedes, na maioria estrangeiros. Em dezembro, abrirá as portas o Luciano K., empreendimento dos mesmos donos do retrofitado Lastarria Boutique, mas com um apelo de design ainda maior.

Estilo e serviços
Para se diferenciar dos hoteis de rede internacionais, os empresários chilenos optaram por empreendimentos com um estilo próprio. Hoteis menores, de ótima localização, geralmente associados a um caráter histórico e, via de regra, com menu de serviços de alta qualidade.

Lastarria Boutique Hotel

Lastarria Boutique Hotel: cool despretensioso

O Lastarria Boutique Hotel chegou primeiro ao bairro. Um casarão de três pavimentos em arquitetura francesa dos anos 1920 – e onde funcionou por 40 anos a filial da agência de notícias espanhola EFE – foi completamente restaurado. Portas e pisos de madeira foram recuperados, mobiliário original preservado, escadarias, tudo retrofitado em um ano de obras intensas. A configuração final deixou o edifício com 14 suítes, um pequeno restaurante para o desayuno ou um saboroso chá da tarde, e um terraço nos fundos, onde uma charmosa piscina foi escavada em meio ao jardim (foto que ilustra a capa deste post na home), dando à propriedade uma atmosfera de oásis urbano. O investimento total foi de US$ 2,5 milhões. “Recebemos turistas dos Estados Unidos, UK, Austrália… é sempre um perfil culto, que quer vivenciar melhor as características do bairro” diz Rodrigo Giadalah, o jovem empresário que é um dos sócios do hotel.
A duas quadras dali, um sóbrio e elegante edifício – este totalmente novo – passou a funcionar em janeiro deste ano. O The Singular Santiago faz parte do grupo The Singular Hotels, que conta ainda com um resort na Patagônia, considerado o melhor hotel do Chile desde 2012. Aqui, a opção é ser um hotel internacional e aberto aos não-hospedes também, com um restaurante gourmet de excelência e um rooftop bar, no sétimo piso, com uma pequena piscina e vista para o skyline da cidade. Para o fundador do grupo, Felipe Sahli, este é um hotel que busca ser diferente dos concorrentes estrangeiros. “Queremos nos posicionar como um hotel de luxo único e de caráter independente, algo que não há mais no Chile”, afirma Sahli.

Rooftop bar no The Singular Santiago: point sofisticado aberto ao público

Rooftop bar no The Singular Santiago: point sofisticado aberto ao público

No Los Cumbres Santiago, que estreou no mês de setembro, um casarão histórico renovado ao custo de US$ 10 milhões, ganhou anexo de apelo moderno, com 70 quartos e suítes, além de um restaurante no sétimo andar e três salões para eventos corporativos com capacidade para até 200 pessoas.

Suíte do Los Cumbres, o mais novo hotel do bairro

Suíte do Los Cumbres, o mais novo hotel do bairro Lastarria: aposta no segmento boutique

Para o final do ano, em dezembro, o bairro ganhará outra novidade: o Luciano K. O grupo de Rodrigo Giadalah recuperou outro prédio histórico do bairro, agora um edifício art déco de 1928 e seis pisos, e deu a ele 38 quartos, dois restaurantes, um bar no terraço do último andar e uma identidade 100% focada em design. O novo investimento, de US$ 7,5 milhões, revela o otimismo de Giadalah com o segmento e com o bairro. “Lastarria é um destino turístico por si só e este tipo de hotel, que tem um encanto e um caráter bem definido, é onde eu posso entrar para competir e ganhar o público”, avalia.

www.lastarriahotel.com
www.thesingular.com
www.cumbreslastarria.com

(Por Fabiano Mazzei, de Santiago)