Cuba: a hora de visitar é agora, segundo o NYT Journeys

Agência de viagem do jornal The New York Times oferece pacote para a ilha de Fidel Castro como uma das grandes novidades de 2015.

A intenção declarada pelo restabelecimento das relações comerciais entre os EUA e Cuba assumida por Barack Obama em dezembro começa a provocar seus primeiros efeitos nas estratégias de empresas norte-americanas. O jornal The New York Times, por exemplo, fez com que sua operadora de viagens, a Times Journeys, ofereça a ilha comunista como uma das principais atrações entre os seus pacotes turísticos para 2015.
Com o título “The Time is Now: A People to People Experience”, o anúncio descreve o país como “enigmático, congelado no tempo e pronto para mudanças” e diz que o destino tem intrigado os americanos mesmo quando estes foram ameaçados por cubanos e “seus parceiros soviéticos”.
O pacote oferece nove dias de viagem com estadia e alimentação por cerca de US$ 6,5 mil. O grupo contará com, no máximo, 25 pessoas, e será ciceroneado pelo jornalista do Times, Anthony de Palma, veterano especialista em política latino-americana e cubana.
De Palma foi correspondente internacional do jornal por 22 anos e é autor do livro The Man Who Invented Fidel, sobre as relações do país com os EUA. No último dia da viagem, ele e um colega cubano farão um debate com o grupo sobre as impressões obtidas da ilha.

Visitas a museus, universidade e fazendas estão no roteiro do Times Journeys em Cuba. O debate político também.

Visitas a museus, universidade e fazendas estão no roteiro do Times em Cuba. O debate político também.

Entre os passeios na ilha da família Castro estão visita a fazenda produtora de tabaco para o famoso charuto cubano, museus, instituições de ensino médico em Havana e encontros com jornalistas locais para entender os desafios da mídia dentro do regime castrista. A próxima partida, sempre de Miami, acontece no dia 13 de março.

(Da Redação|SP)